Évora, a cidade-museu capital do Alentejo

Maior e a mais importante cidade da região do Alentejo, em Portugal, Évora é reconhecida pelo grande número de sítios históricos bem preservados que abriga. O templo romano, as muralhas e o extenso aqueduto são algumas das atrações ao ar livre.

DSC_0568.JPG
Vista do Jardim de Diana, em frente ao templo romano

Évora foi classificada pela Unesco em 1986 como Patrimônio Comum da Humanidade. As surpresas que cada pequena viela reserva justificam esse título. Resquícios de uma história que remonta ao período neolítico e teve seu auge com a chegada dos romanos. Perto da cidade há diversos locais de interesse arqueológico, como o círculo de pedras pré-histórico dos Almendres, que lembra Stonehenge (na Inglaterra) em escala menor.

IMG_4180.jpg
Paredes da Capela dos Ossos

A famosa Capela dos Ossos é uma das atrações turísticas mais procuradas de Évora. Trata-se de uma pequena capela dentro da Igreja de São Francisco cujas parentes são totalmente forradas com ossos humanos. Os ossos maiores e as caveiras formam uma composição ao mesmo tempo assustadora e impressionante. Na entrada da capela, a frase que tornou o lugar famoso: “Nós ossos que aqui estamos pelos vossos esperamos”.

img_4179
“Nós ossos que aqui estamos pelos vossos esperamos”

No centro da cidade, no local onde ficava o antigo fórum romano, está o chamado Templo de Diana. Com 14 colunas bem preservadas, o templo de Évora é um dos monumentos romanos mais importantes de Portugal. Foi erguido provavelmente no século I em homenagem ao imperador Augusto.

dsc_0562
Templo de Évora, ou Templo de Diana. Ao fundo, a catedral

Em frente há um quiosque com café e um jardim, de onde é possível ter uma bonita vista de parte da cidade. Ainda no entorno do templo estão o Museu de Évora, o Convento dos Lóios, que hoje abriga uma pousada e um restaurante, a Catedral e a Biblioteca Pública.

DSC_0570.jpg
A biblioteca municipal, quase um cenário de Harry Potter

Nos dias que passei em Évora, a biblioteca foi meu local e trabalho. O local é realmente muito bonito, os funcionários são gentis e a grande sala de leitura é perfeita para um momento de concentração. Além disso, a Biblioteca Pública oferece wi-fi gratuita e uma vista da praça onde está o templo romano.

DSC_0587.jpg
A parte mais alta do aqueduto, na entrada da cidade

A rua de pedestres que começa em frente à Catedral é cheia de lojinhas e restaurantes. Termina na impressionante Praça do Giraldo, onde está a Igreja de Santo Antônio e outros edifícios históricos, além de mais cafés e restaurantes.

DSC_0560.JPG
Muro ao lado do Templo de Évora

Perto da Capela dos Ossos fica o Palácio de Dom Manuel, construído pelo rei no século XVI, e cercado pelo Jardim Público de Évora.

O que ver em Évora:

Templo de Évora (ou Templo de Diana): está no ponto mais alto da cidade e foi parte do fórum romano.

Capela dos Ossos: construída no século XVIII dentro da Igreja de São Francisco, tem parentes totalmente cobertas por ossos humanos.

Sé Catedral de Évora: construída em estilo gótico, é considerada uma das catedrais medievais mais importantes de Portugal.

Muralha: na entrada do centro histórico de Évora está preservada uma grande parte da muralha construída no século III.

Aqueduto: inaugurado em 1537, o Aqueduto da Água da Prata é um dos poucos dessa época que continua em funcionamento até hoje. São 18km de extensão, sendo que a parte próxima à entrada da cidade é a mais alta e bela. Quando entra na parte urbana, as arcadas se misturam com as casas portugueses.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s