É possível ver Liverpool além dos Beatles?

DSC_0063.jpg
Catedral Anglicana, tão imponente que pode ser vista de qualquer ponto da cidade

Não tem como ir à Roma e não ver o papa (ou, pelo menos, o Vaticano), assim como é impossível ir à Liverpool, na Inglaterra, sem visitar algumas das atrações relacionadas com os Beatles. A cidade berço do quarteto mais famoso do mundo soube aproveitar os filhos ilustres para incentivar o turismo. Assim, se você passar pelo menos dois dias por lá certamente vai se sentir obrigado a entrar um pouquinho no mundo beatlemaníaco.

DSC_0148.jpg
Museu dos Beatles, uma viagem no tempo

Não foi nenhum sacrifício para mim. Fui à Liverpool justamente por causa dos Beatles, mas também consegui aproveitar outras atrações da cidade. Se o objetivo é conhecer a história do quarteto, recomendo o museu The Beatles Story que custa cerca de 15 libras e proporciona uma viagem no tempo desde a formação da banda até os dias atuais. Você vai sair de lá se achando o maior conhecedor de Beatles do mundo.

DSC_0236.jpg
O porão Carvern Club, onde os Beatles começaram a carreira

O bar Cavern Club, onde eles começaram, segue aberto até hoje e todas as noites tem show cover. Percebi que o local é visitado praticamente só por turistas e a apresentação cover é pobre, com um músico tocando sozinho os temas mais manjados da banda. Ele termina todos os shows cantando “Hey Jude” e prolongando o máximo que pode a parte do “nã nã nã nã”, assim todos os turistas, independe da língua que falem, podem cantar junto.

É manjado, mas é legal. O bar não cobra ingresso e a cerveja tem um preço justo – para os padrões ingleses.

IMG_2988.jpg
Aeroporto de Liverpool: mais Beatles

Na chegada, você vai ver que o aeroporto da cidade já é uma atração. Difícil resistir à tentação de fazer uma selfie em frente ao grande letreiro luminoso onde se lê “Liverpool John Lennon Airport”. Aliás, falando em aeroporto, pesquise como sair de lá. Fica muito longe do centro e o táxi dá em torno de 30 libras. Quando cheguei, em algum dia entre o Natal e o Ano-Novo, era feriado e não havia ônibus. Por sorte encontrei um grupo de mochileiros brasileiros e dividimos um táxi entre seis pessoas.

DSC_0215.jpg
As estátuas dos membros do quarteto são disputadas para fotos

Mas eu prometi falar das outras opções além-Beatles. Vamos lá:

DSC_0071.jpg
Enfim, Liverpool sem Beatles: essa é a imponente Catedral Anglicana

A gigantesca Catedral Anglicana da cidade, a maior do mundo, deve ser o segundo local mais visitado por lá depois do museu dos Beatles. Ela pode ser vista praticamente de qualquer ponto, o que atiça a curiosidade dos turistas desavisados. Além da visita tradicional, que inclui conhecer o interior da igreja e subir no topo da torre para ter uma visão geral de Liverpool, recomendo um passeio pelos fundos da catedral. Lá está localizado o Saint James Cemetery, que hoje é um jardim público.

DSC_0084.jpg
Nos fundos da Catedral Anglicana está o que já foi o principal cemitério da cidade

O local era uma pedreira desde o Século XVI, virou cemitério em 1825 (quase 200 anos!) e foi, até 1936, o principal da cidade. A catedral começou a ser construída em 1903, 78 anos após a abertura do cemitério. Há duas entradas. A principal, ao lado da catedral, começa em um túnel cercado por lápides centenárias. A segunda, na rua de trás, tem um portão de ferro e um caminho entre árvores e lápides cobertas de musgos. O cenário é incrível e é de graça.

DSC_0093.jpg
Algumas lápides trazem inscrições de mais de 200 anos

Além da anglicana, também há a Catedral Católica de Liverpool. Fica perto dali e é uma visita bem interessante, pois se trata de um templo religioso moderno. Lembra muito a catedral de Brasília, só que é bem maior.

IMG_2999.jpg
A moderna Catedral Católica de Liverpool

Outras opções são o Tate Liverpool, a galeria de arte moderna da cidade que não cobra ingresso, o Albert Dock, um complexo de lojas e restaurantes nos armazéns das docas onde fica o Tate, o Museu de Liverpool, que fica perto dali e também é de graça, e o Memorial do Titanic, um monumento em homenagem às vítimas do naufrágio mais famoso do mundo. Você deve estar se perguntando porque há esse memorial em Liverpool se o Titanic partiu de Southampton. A explicação é que no registro da embarcação consta Liverpool como o ponto de origem, apesar do navio nunca ter passado por ali.

DSC_0190.jpg
As docas de Liverpool convidam para um passeio ao ar livre

Se você gosta de Beatles, deve ir à Liverpool. Se você não gosta, duas coisas: número um, a cidade tem mais atrações além da banda e, número dois, nunca mais fale comigo. Brinks.

IMG_3024.jpg
Obra em exibição no Tate Liverpool mostra como você fica quando termina um mochilão (ok, eu não sei do que se trata mas interpretei assim…)

O que visitar em Liverpool:

The Beatles Story: o famoso museu dos Beatles, fica na região central perto das docas e o ingresso custa em torno de 15 libras. É mais barato comprar antes na internet.

Cavern Club: onde os Beatles começaram a tocar, tem show cover todas as noites, não cobra ingresso e vende cerveja a preço justo.

Catedral Anglicana: é a maior desse tipo no mundo, pode ser vista de várias partes da cidade. Verifique os horários de missas, pois é o único momento que não se pode visitar.

Saint James Cemetery: fica nos fundos da Catedral Anglicana, é mais antigo que ela e gratuito.

Catedral Católica: moderna e diferente das catedrais católicas que estamos acostumados a ver, a não ser que você seja de Brasília.

Tate Liverpool: museu de arte moderna, tem entrada gratuita para ver o acervo permanente. Fica nas docas.

Albert Dock: complexo de restaurantes, bares e cafeterias que ocupam os prédios em torno das docas.

Museu de Liverpool: perto dali, é um prédio de arquitetura moderna.

Memorial do Titanic: monumento em forma de obelisco localizado após o Museu de Liverpool. Se estiver passando, porque não conferir?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s